Ministro do GSI passa a ocupar sala no 4º andar do Palácio do Planalto

Ministro do GSI passa a ocupar sala no 4º andar do Palácio do Planalto

Espaço é reservado aos ministros do núcleo político do governo

Tânia Monteiro

20 de julho de 2016 | 20h58

Foto: Palácio do Planalto

Foto: Palácio do Planalto

O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Sérgio Etchegoyen, passou a ocupar uma sala no quarto andar do Palácio do Planalto, onde estão os gabinetes do núcleo político do governo. Desde 2010, no governo Lula, o GSI foi deslocado para o segundo andar do prédio.

Nesta quarta-feira, o gabinete que já foi ocupado até pelo próprio ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, quando foi designado articulador político do governo Dilma Rousseff, foi preparado para receber Etchegoyen. O último a ocupar o espaço reservado ao GSI foi Guilherme Affif Domingos, ex-ministro-chefe da Secretaria da Micro e Pequena Empresa.

Com a mudança, o diretor da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), que conseguiu um gabinete no Planalto na administração Ricardo Berzoini na Secretaria de Governo, no governo petista, será transferido para outro andar.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.