Militares bolsonaristas temem que eleição argentina impulsione esquerda brasileira

Militares bolsonaristas temem que eleição argentina impulsione esquerda brasileira

Juliana Braga

19 de agosto de 2019 | 08h00

REUTERS/Marcos Brindicci

Militares de alta patente apoiadores de Jair Bolsonaro estão em alerta com a eleição na Argentina. Temem que, com a economia patinando, a esquerda volte a ganhar força no Brasil também em 2022. As eleições municipais servirão de termômetro.

Diante da vitória da chapa de Christina Kirchner, o país vizinho enfrenta uma dura crise. Neste final de semana, o ministro da Fazenda pediu demissão.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: