Militantes pró-SUS se revoltam com escolha de Temer para Saúde

-

Andreza Matais

10 de maio de 2016 | 11h41

Militantes da saúde pública estão incomodados com a possibilidade de o deputado Ricardo Barro (PP-PR) ser o ministro da Saúde num eventual governo Michel Temer. Dizem que Barros não tem vinculação com a área e que sua nomeação serviria apenas para atender aos interesses do PP. Esses grupos que têm o SUS como causa estudam, inclusive, divulgar nota contra a escolha de Temer. O PP tem se esforçado para mostrar a Temer que o nome do ministro é bem aceito na classe médica.