PF ouve militantes pró-governo que protestaram durante voo Salvador-BSB

-

Andreza Matais e Daniel Carvalho

10 de maio de 2016 | 14h28

Atualizada às 16h43 

Cerca de 30 passageiros que desembarcaram de um voo vindo de Salvador para Brasília tiveram que prestar esclarecimentos à Polícia Federal no desembarque nesta terça-feira. O comandante informou à PF que eles teriam tumultuado o voo ao se manifestarem contra o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff com gritos de “não vai ter golpe”. A deputada Tia Eron (PRB-BA) estava na aeronave e foi alvo do grupo que protestou contra ela que é defensora do impeachment. A parlamentar informou à Coluna do Estadão que estava sentada na primeira fileira da aeronave, percebeu que o grupo protestava com palavras de ordem a favor do governo, mas que não foi sua iniciativa chamar a PF.