MDB realiza live com ex-presidentes e parlamentares em comemoração aos seus 55 anos

MDB realiza live com ex-presidentes e parlamentares em comemoração aos seus 55 anos

Coluna do Estadão

24 de março de 2021 | 07h30

Reprodução de trecho de vídeo comemorativo dos 55 anos de criação do MDB

Em oposição ao governo Bolsonaro e de olho em 2022, o MDB realiza nesta quarta-feira, 24, às 10h30, live com os ex-presidentes José Sarney e Michel Temer, o presidente da sigla, deputado Baleia Rossi e a senadora Simone Tebet em comemoração aos 55 anos da legenda. Além da crise sanitária causada pela pandemia, o encontro também debaterá os desafios para as eleições do ano que vem.

Em vídeo comemorativo, o partido relembra sua trajetória, desde a oposição feita à ditadura militar à promulgação da Constituição de 1988, até o futuro da legenda nas próximas eleições. A peça diz ainda que “um movimento democrático brasileiro é imparável porque não é feito por apenas um partido”.

Já no manifesto “Frente Nacional pela Vida”, o MDB enfatiza que a atual crise provocada pela pandemia da covid-19 é a pior que o País já enfrentou e cobra responsabilização do governo federal pela coordenação do combate ao coronavírus.

“O MDB vem a público deixar clara a sua contrariedade quanto à falta de ações do governo federal no combate à pandemia. […] O governo perdeu-se em falsos problemas, como questionar as vacinas produzidas em parceria com a China. Também demonstrou uma postura míope nas negociações com a Pfizer. E pior, autoridades deram mau exemplo ao não usar máscaras e ao não evitar aglomerações”, diz o documento.

O partido defende ainda que todos os seus parlamentares, governadores e prefeitos tenham foco total em uma agenda exclusiva para acelerar a compra de vacinas e para minimizar os impactos econômicos da crise.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

MDBcovid-19coronavírus

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.