MBL arrecada R$ 180 mil para ucranianos após ida de integrantes à fronteira do país

MBL arrecada R$ 180 mil para ucranianos após ida de integrantes à fronteira do país

Camila Turtelli e Matheus Lara

01 de março de 2022 | 19h50

Arthur do Val (esq.) e Renan Santos durante live direto da Eslováquia. Foto: Reprodução/Youtube Mamãe Falei

Integrantes do MBL que viajaram à Eslováquia, na fronteira com a Ucrânia, encabeçaram uma campanha que em pouco mais de sete horas arrecadou só nesta terça-feira, 1, até 19h30, mais de R$ 180 mil via pix no Brasil. O montante correspondente a cerca de 31,5 mil euros, de acordo com o grupo, será utilizado na compra de suprimentos para vítimas dos conflitos na Ucrânia.

Renan Santos, coordenador do grupo, e Arthur do Val (Podemos-SP), deputado estadual, estão em Kosice, a uma hora da fronteira com a Ucrânia. De lá, eles têm usado as redes para contestar a posição do Brasil e de Jair Bolsonaro sobre o conflito e fazer críticas à Rússia e a Vladimir Putin.

“Não existe ninguém que defenda a guerra por aqui. Não é um posicionamento prudente, por parte de um presidente, como o nosso, botar em duvida a situação toda”, disse Do Val à Coluna. “O mundo está contra Putin e não é normal o esforço de Bolsonaro em não parecer anti-Rússia.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.