Maranhão quer obter mais regalias no cargo

Maranhão quer obter mais regalias no cargo

-

Luiza Pollo

02 de junho de 2016 | 05h00

waldir maranhao

O presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão, pode até se contentar em desempenhar papel figurativo nessa função, mas se recusa a abrir mão das regalias do cargo. Ele consultou informalmente a 4.ª Secretaria da Casa sobre a possibilidade de ter mais um imóvel à sua disposição, além do apartamento funcional de 225 m² que já ocupa. Como a residência oficial da presidência da Câmara continua ocupada por Eduardo Cunha, ele quer outra à altura, com direito a cozinheiro, copeiro… A Câmara depende de pedido formal para ver se autoriza.

A coexistência de dois presidentes está dando trabalho para a FAB. Nos últimos dias, os aviões oficiais já foram requisitados pelos presidentes “afastado” e “interino” oito vezes. Maranhão foi e voltou para São Luís. Cunha para o Rio.

Siga a Coluna do Estadão:
No Twitter: @colunadoestadao
No Facebook: www.facebook.com/colunadoestadao

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: