Manutenção da Lava Jato na 2ª turma do STF pode provocar mudanças no grupo

Manutenção da Lava Jato na 2ª turma do STF pode provocar mudanças no grupo

.

Luiza Pollo

25 de janeiro de 2017 | 05h45

Prédio do Supremo Tribunal Federal. Foto: Divulgação

Prédio do Supremo Tribunal Federal. Foto: Divulgação

A possível decisão da presidente Cármen Lúcia, do Supremo, de escolher um ministro da 2ª Turma pode provocar alterações nos membros no grupo. E não será a primeira mudança pela Lava Jato.

Em março de 2015, o ministro Dias Toffoli migrou da 1ª para a 2ª Turma para preencher a vaga de Joaquim Barbosa e dar sequência à Lava Jato.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Supremo

Tendências: