Maior crítico de Meirelles, Renan não discursa em convenção

Maior crítico de Meirelles, Renan não discursa em convenção

Coluna do Estadão

02 de agosto de 2018 | 12h32

Maior crítico da candidatura de Henrique Meirelles ao Planalto, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) não discursou contra a candidatura dele na convenção nacional do partido que ocorre hoje em Brasília. Ele não e inscreveu para falar. Justificou que “não tem mesa” para sentar. Todos os convencionais, contudo, discursaram de pé, no palco, inclusive ministros.

A Coluna apurou que a cúpula do MDB convenceu Renan a não discursar e ameaçou retaliar a campanha. Ele nega.

O senador chegou no evento antes da abertura e ficou próximo a fila de votação defendendo o voto contra. “Isso aqui é um enterro”, dizia. Renan acha que a prioridade do partido deve ser eleger congressistas e ter um candidato ao Planalto pode levar a rejeição do governo Temer para as candidaturas. O discurso de Renan ficou restrito as redes sociais.

O MDB aprovou a candidatura de Meirelles com 80% dos votos.

(Andreza Matais e Naira Trindade)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.