Maia reconhece que situação de Cunha é muito dificil

Processo de cassação de Eduardo Cunha deve ser feito na segunda-feira

Marcelo de Moraes

08 de setembro de 2016 | 13h12

Na avaliação do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a situação política do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) é “muito difícil”. A partir de segunda-feira, Cunha enfrentará o processo de votação do pedido de cassação do seu mandato. Para perder o mandato parlamentar serão necessários 257 votos pela cassação, num universo de 513 votos possíveis.

Maia acha improvável que uma quantidade relevante de parlamentares falte à votação para ajudar Cunha a preservar seu mandato. Ele avalia que a pressão da opinião pública sobre os faltosos seria muito intensa.

Tudo o que sabemos sobre:

Eduardo Cunha

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: