Maia pauta projeto para que Alcolumbre vote auxílio aos Estados

Maia pauta projeto para que Alcolumbre vote auxílio aos Estados

Coluna do Estadão

16 de abril de 2020 | 05h15

Rodrigo Maia. FOTO: LUIS MACEDO/CÂMARA DOS DEPUTADOS

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) pautou para esta quinta-feira, 15, o projeto do Senado que amplia o auxílio emergencial de R$ 600 para que o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), vote o projeto de auxílio aos Estados. Segundo a Coluna apurou, Maia teria ficado bastante irritado diante de uma sinalização do senador de que apoiaria uma medida provisória sobre o mesmo tema enviada pelo governo, ignorando a proposta dos deputados. O projeto é visto no Senado com ressalvas, por beneficiar Estados maiores.

Bypass. Apesar de Maia ter demonstrado boa vontade com o Senado ao pautar a proposta, após reclamações de Alcolumbre, os senadores já discutem uma estratégia para dar a palavra final sobre o projeto aprovado pela Câmara.

Olá. A ideia dos senadores é juntar o texto aprovado pelos deputados a um projeto que já está em tramitação na Casa, de autoria do senador Antonio Anastasia (PSD-MG). Pelas regras legislativas, a matéria seria considerada como iniciada no Senado e, por isso, mesmo que os deputados fizessem alterações, o projeto teria que retornar para nova análise dos senadores.

Olé 2. Os senadores argumentam que o projeto trata de uma questão federativa, portanto, de competência do Senado. A medida é mais um capítulo do embate entre o Davi Alcolumbre e Rodrigo Maia.

Leia mais da edição da Coluna de hoje: TJ nega pedido da Fiesp para postergar ICMS

 

Tudo o que sabemos sobre:

CâmaraSenadoDavi AlcolumbreRodrigo Maia

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: