Mãe de Rocha Loures não poderá depor, diz Fachin

Naira Trindade

09 de junho de 2017 | 14h34

O ministro Edson Fachin, do Supremo, deferiu uma decisão que impede que a Polícia Federal ouça a mãe do ex-assessor Rodrigo Rocha Loures, preso em Brasília. No despacho, o ministro cita petição em  que Vera Lilia Santos da Rocha Loures diz ter sido informada por autoridade policial que pretende ouvi -la na qualidade de testemunha. Diante disso, Fachin cita trecho onde diz que “pai, mãe ou filho adotivo do acusado, salvo quando não for possível, obter-se ou integrar-se a prova do fato e  suas circunstâncias”.