“Livrar o Brasil de Dilma e do PT é uma marca que terei honra de carregar”, diz Cunha

.

Daniel Carvalho

21 de junho de 2016 | 12h32

O presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse estar honrado em ter “livrado” o País da presidente afastada, Dilma Rousseff, e do PT.

“Não sou nem herói nem vilão no processo de impeachment. Apenas cumpri meu papel. Livrar o Brasil da Dilma e do PT será uma marca que, sem dúvida nenhuma, terei a honra de carregar”, afirmou Cunha.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: