Laudo da polícia indica tiro em gabinete de Fernando Holiday

Laudo da polícia indica tiro em gabinete de Fernando Holiday

Marianna Holanda

25 de fevereiro de 2019 | 20h20

Foto: Werther Santana/Estadão

O laudo pericial da Polícia Civil a respeito da marca no vidro no gabinete do vereador Fernando Holiday (DEM), na Câmara Municipal de São Paulo, indica que ela foi causada por um tiro.

“Tal perfuração transfixiante (…) tinha as características compatíveis com a possibilidade de ter sido causada por projétil disparado por arma de fogo, com orientação: de fora para dentro do referido imóvel”, diz o texto, que foi divulgado nesta segunda-feira, 25.

O episódio ocorreu em dezembro do ano passado, após uma tumultuada votação em que foi aprovada a reforma da Previdência no município. O vereador, ligado ao MBL, foi defensor das mudanças em plenário.

Segundo Holiday contou à época, ele foi à janela de seu gabinete acenar para manifestantes, quando ouviu um estilhaço. O MBL denuncia que houve uma “tentaiva de assassinato”.

O vereador do DEM registrou, então, boletim de ocorrência no 1ª Distrito Policial (Sé).

Tudo o que sabemos sobre:

Polícia CivilMBLFernando Holiday

Tendências: