Justiça paulista tira MP do processo de recuperação judicial da Odebrecht

Justiça paulista tira MP do processo de recuperação judicial da Odebrecht

Alberto Bombig

27 de agosto de 2021 | 05h00

Foto: JF Diorio/Estadão

A Justiça de São Paulo decidiu que o Ministério Público de falências não tem legitimidade para investigar fraudes contra credores na recuperação judicial da Odebrecht. O MP teme que a Odebrecht fique sem dinheiro para pagar seu acordo de leniência firmado ainda na Lava Jato depois que vender a Braskem, seu principal ativo. Nas condições atuais, o dinheiro acabará sendo partilhado pelos grandes bancos, que receberam as ações da Braskem como garantia. A Justiça considerou que a questão não envolve interesse público, só privado. Cabe recurso.

Ação. A multa que a Odebrecht deve pagar pelos crimes descobertos pela Lava Jato é de R$ 3 bilhões.

Ação 2. “Não há como reconhecer a legitimidade do MP para postular neste processo, diante das questões centrarem-se em defesa de direitos disponíveis detidos por credores maiores e capazes”, disse o juiz João de Oliveira Rodrigues.

Caçapa. Paulo Gustavo Maiurino está pela bola sete. O diretor-geral da PF é próximo de Dias Toffoli, do Supremo, o que contou para sua nomeação. No Palácio do Planalto, porém, a avaliação é de que ele não entrega o que é esperado.

Tangente. Maiurino não estava em Brasília quando Jair Bolsonaro fez a live do voto impresso e também quando estourou a operação que mirou fake news e ataques à democracia.

Ou… Quem conhece bem os bastidores do poder diz que o Centrão não quer necessariamente o cargo de Paulo Guedes, mas está, sim, enlouquecido com a quantidade de derrapadas do ministro da Fazenda.

…seja. O Centrão quer Guedes fora. E, claro, se Jair Bolsonaro indicar alguém do agrado do bloco parlamentar para o cargo, ninguém vai se opor.

Vareta. De um bom observador: Bolsonaro inventa e administra crises artificiais como um ótimo equilibrista chinês de pratos.

SINAIS PARTICULARES. Jair Bolsonaro, presidente da República. Ilustração: Kleber Sales/Estadão

Refresco. São Paulo fechou acordo com distribuidoras de gás natural canalizado para escalonar o repasse do aumento de preços trimestrais da Petrobras, que já acumula 48,7% até aqui neste ano.

Refresco 2. O vice-governador Rodrigo Garcia pediu à Arsesp, agência reguladora, que estudasse com as concessionárias uma forma de diminuir o impacto para a indústria paulista neste momento de retomada.

Refresco 3. Com a deliberação da Arsesp, o reajuste médio foi reduzido de 41% para 25% na Naturgy, de 25% para 16% pela Comgás e de 15% para 6% pela GBD.

É pic. Teve clima de “frente ampla” a festa de aniversário de Marcelo Ramos (PL-AM). Ao todo, 73 parlamentares de vários partidos se revezaram em uma casa no Lago Sul de Brasília.

Hip… Henrique Fontana (PT-RS) dividiu o mesmo espaço festivo com o prócer bolsonarista Hélio Lopes (PSL-RJ), e o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) acompanhou atento o bate-papo de “amigos”, que inclui o republicano Lafaiete Andrada (MG) e o deputado Luís Miranda (DEM-DF).

…Hip… Celina Leão (PP-DF), quinta-essência do Centrão, conversou animadamente com Perpétua Almeida (PCdoB-AC). Kim Kataguiri (DEM-SP) e Jandira Feghali (PCdoB-RJ) pareciam ter esquecido suas divergências e lembravam mais “amigos de infância”.

…Hurra. Valdemar da Costa Neto (PL) também esteve presente. “Precisamos cada vez mais exercitar nossa capacidade de nos ouvir com tolerância, respeito e tentando construir convergências”, disse o aniversariante em breve discurso.

CLICK. O vice da Câmara, Marcelo Ramos (à esq.), que completa 48 anos dia 29, com o colega Marcelo Freixo e o advogado Kakay (ao centro): festa prestigiada

PRONTO, FALEI!

Heni Ozi Cukier, deputado estadual (Novo-SP)

“Paulo Guedes é um grande desserviço ao movimento liberal, encarnando perfeitamente o personagem do liberal insensível que a esquerda adora pintar.”

Foto: Reprodução/Instagram Heni Ozi Cukier

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.