Justiça manda para TRE ação de citado na Lava Jato

Justiça manda para TRE ação de citado na Lava Jato

Coluna do Estadão

28 Julho 2018 | 11h18

Foto: Nilton Fukuda/Estadão

O Tribunal Regional Federal da 3.ª Região (TRF-3) encaminhou para o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) o processo contra o deputado estadual João Paulo Rillo (PSOL). Ele foi acusado em delação da Odebrecht de receber R$ 500 mil na campanha à prefeitura de São José do Rio Preto, em 2012.

O TRF-3 entendeu que o caso pode ser de caixa 2 e não de corrupção. O deputado paulista disse que “tem certeza que a ação será arquivada” e que a decisão demonstra que ele “não tem envolvimento com a Lava Jato”.

Em abril deste ano, a ministra Nancy Andrighi, Superior Tribunal de Justiça (STJ), encaminhou à Justiça Eleitoral de São Paulo o inquérito instaurado com base na delação da Odebrecht que investiga por suspeitas de caixa 2 o pré-candidato do PSDB à Presidência, o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Na Justiça Eleitoral, as punições são mais brandas.  (Andreza Matais)