Justiça americana ainda define valor a ser devolvido a minoritários da Petrobrás

Justiça americana ainda define valor a ser devolvido a minoritários da Petrobrás

-

Luiza Pollo

05 de julho de 2016 | 06h00

A view is seen of the Petrobras headquarters in Rio de Janeiro December 16, 2014. Concern over the corruption scandal is driving shares and bonds of Petrobras to multi-year lows. Preferred shares of the Rio de Janeiro-based company fell 9.1 percent on Monday, touching their lowest level since 2005. REUTERS/Sergio Moraes (BRAZIL - Tags: ENERGY CRIME LAW)

Foto: REUTERS/Sergio Moraes

A Justiça americana ainda não bateu o martelo sobre o valor que a Petrobrás terá de devolver aos minoritários por ter “desvirtuado fatos e não informado a cultura de corrupção da companhia”. Os valores variam de US$ 5 bilhões a 50 bilhões.

O presidente da estatal, Pedro Parente, teria avaliado que o resultado realista será de US$ 15 bilhões de dólares, a ser pagos em cinco anos. O rombo é desculpa para manter os preços do diesel acima do mercado internacional.

Siga a Coluna do Estadão:
No Twitter: @colunadoestadao
No Facebook: www.facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Tamanho da conta

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.