Joice ganha palanque para projeto eleitoral

Joice ganha palanque para projeto eleitoral

Coluna do Estadão

28 de fevereiro de 2019 | 05h00

Deputada Joice Hasselmann. FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

A escolha de Joice Hasselmann para o posto de líder do governo no Congresso garante à deputada do PSL-SP um palanque para ela se manter em evidência na barafunda da Brasília de Jair Bolsonaro. Holofote é pré-requisito fundamental na construção de uma eventual candidatura à Prefeitura de São Paulo. Líderes de outros partidos e colegas dela, porém, avaliam, por experiência ou despeito, que o cargo costuma trazer desgaste a seus ocupantes, ainda mais em tempos de reforma da Previdência e de outros temas muito polêmicos.

Aposta. O posto liga ainda mais Joice ao governo de Jair Bolsonaro. Se ele der certo, a líder colherá os frutos. Se der errado…

Indivisível. No PSL, além de Joice, outro deputado sempre lembrado para disputar a Prefeitura de SP é Eduardo Bolsonaro. Porém, no caso dele, o sucesso da candidatura está ainda mais atrelado aos resultados do governo de seu pai.

Mais um? Não bastasse a profusão de pré-candidatos a prefeito de São Paulo no PSL, surge nova ideia no partido: convidar o apresentador de TV José Luiz Datena. “Imbatível a meu ver. Vence a eleição no primeiro turno”, diz Major Olímpio.

Mão dupla. A indicação de Joice para líder, conforme antecipou a Coluna, resolve um problema da Casa Civil e de Rodrigo Maia (DEM): tirá-la da lista dos prováveis relatores da reforma. Ela é considerada “cintura-dura” para a missão.

Conta-gotas. O PR vai trabalhar contra a mudança na aposentadoria dos professores. O próximo passo, segundo o deputado Marcelo Ramos (AM), será a oposição à reforma do BPC e dos trabalhadores rurais.

Pense em mim… Um deputado boicotou o encontro de sua bancada com o secretário da Previdência, Rogério Marinho, porque tem quatro audiências pendentes com ministros.

…liga pra mim. Outro tomou a tribuna para apelar para ser recebido.

A ver. A propósito do desespero dos deputados, o ministro Onyx Lorenzoni diz que as nomeações serão destravadas depois do carnaval. A CGU duvida.

SINAIS PARTICULARES

NOVOS LÍDERES DO CONGRESSO

Marcel Van Hattem, líder do Novo na Câmara (RS)

Crédito: Kleber Sales

Em… Campos Machado, um dos apoiadores da candidatura de Cauê Macris (PSDB) para presidir a Assembleia-SP, reagiu à afirmação do senador Major Olímpio (PSL) à Coluna, de que as redes sociais farão a diferença na disputa a favor de Janaína Paschoal.

…ebulição. “Trata-se de preservar um comando experiente, em contraponto à inexperiência de quem, com sua vulcânica postura, pode conduzir o parlamento paulista a um cenário semelhante ao de Brumadinho após o rompimento da barragem”, disse Machado.

CLICK. O Livres está fazendo uma ação para celebrar os 25 anos do Plano Real, comemorados ontem. FHC foi um dos entrevistados, claro, e o vídeo irá para as redes.

FOTO: COLUNA DO ESTADÃO

Martelo. Nelson de Souza, ex-presidente da Caixa Econômica Federal, será o novo presidente da Desenvolve SP, agência responsável por financiar pequenas e médias empresas e prefeituras de SP. O nome dele será enviado pelo governador João Doria ao BC.

Primeira mão. O Departamento de Estado americano já tem o nome do novo embaixador dos EUA no Brasil, mas guarda a sete chaves. Donald Trump quer contar pessoalmente a Jair Bolsonaro na viagem que fará em março.

PRONTO, FALEI!

Daniel Coelho, líder do PPS na Câmara: “Não dá para polemizar com temas menos relevantes, que geram barulho nas redes, mas não vão mudar o País”, sobre comunicação da Previdência de Bolsonaro.

COM REPORTAGEM DE ALBERTO BOMBIG, JULIANA BRAGA E MARIANNA HOLANDA. COLABOROU ELIANE CANTANHÊDE

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao