Joesley e Wesley Batista pagam primeira parcela da multa prevista na colaboração

Joesley e Wesley Batista pagam primeira parcela da multa prevista na colaboração

Breno Pires

01 de junho de 2018 | 15h27

Foto: Jonne Roriz/Estadão

 

As defesas de Joesley Batista e Wesley Batista, sócios da J&F, depositaram nesta sexta-feira as primeiras das dez parcelas anuais da multa de R$ 110 milhões que cada um concordou em pagar nos seus acordo de colaboração premiada. Cada um depositou R$ 11 milhões, correspondente a dez por cento do valor total do acordado.

O pagamento foi autorizado pelo ministro Edson Fachin, do Supremo, “por conta e risco”, uma vez que a validade da colaboração está sendo questionada pela PGR. A comunicação da defesa de Joesley ao Supremo destaca que ele está dando “cumprimento integral do acordo de colaboração, como já vem fazendo em relação às demais obrigações. (Breno Pires)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.