Joesley e Wesley Batista firmam compromisso com MPF para retomarem cargos

Joesley e Wesley Batista firmam compromisso com MPF para retomarem cargos

­

Coluna do Estadão

14 de setembro de 2016 | 17h29

Operação Greenfield

Operação Greenfield

Joesley e Wesley Batista, acionistas da J&F Investimentos, firmaram um termo de compromisso com o Ministério Público Federal (MPF) e aceitaram dar um seguro-garantia de R$ 1,518 bilhão. O compromisso permite o retorno dos acionistas a seus cargos nas empresas do grupo.

Eles são dois dos 40 investigados na operação Greenfield, que apura irregularidades em quatro dos maiores fundos de pensão do País.

O valor firmado equivale aos R$ 550 milhões investidos pelos fundos de pensão Petros e Funcef na Florestal S.A., em 2009 e 2010, atualizados pela inflação. Hoje, os fundos detêm 17,06% na Eldorado Brasil Celulose.

O seguro-garantia substitui as medidas cautelares requeridas pelo MPF e deferidas pelo juiz da 10ª Vara da Justiça Federal do Distrito Federal sobre os acionistas e o executivo José Carlos Grubisich.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: