Janot ironiza afastamento de Cunha

Janot ironiza afastamento de Cunha

-

Luiza Pollo

06 de maio de 2016 | 09h00

janot

Questionado sobre a votação do Supremo sobre o caso de Eduardo Cunha, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, citou apenas o placar da votação: “Foi 11 a 0, né?”

Siga a Coluna do Estadão:
No Twitter: @colunadoestadao
No Facebook: www.facebook.com/colunadoestadao