Investigadores se unem para agilizar processos

Investigadores se unem para agilizar processos

­­­

Coluna do Estadão

04 Agosto 2016 | 05h00

Foto: Fábio Motta/Estadão

Foto: Fábio Motta/Estadão

Diante da constatação de que alguns suspeitos aparecem na Lava Jato, Acrônimo e Zelotes, as três principais operações do País, investigadores decidiram dividir tarefas para evitar a duplicidade das apurações e ganhar tempo. Quem tiver mais informações sobre um alvo receberá das outras operações todos os dados contra ele e ficará responsável por concluir os trabalhos. Com a troca do governo Dilma para Temer, alguns investigados perderam foro, outros ganharam. A sinergia vai ajudar a não atrasar as diligências.

Siga a Coluna do Estadão:
No Twitter: @colunadoestadao
No Facebook: www.facebook.com/colunadoestadao

Mais conteúdo sobre:

Lava Jato