Investigado na Lava Jato, Edinho é eleito prefeito de Araraquara

Coluna do Estadão

02 de outubro de 2016 | 21h42

edinho silva

 

Investigado na Operação Lava Jato, o ex-ministro Edinho Silva (PT) foi eleito para a prefeitura de Araraquara, cidade que já governou. Em segundo lugar ficou a ex-mulher dele, Edna Martins. O petista recebeu 41.220 votos.

Edinho é acusado de ameaçar empresários de interrupção de contratos com o governo se não fizessem doações para o PT. Delações premiadas afirmam que ele pediu R$ 20 milhões para a campanha a reeleição de Dilma Rousseff em 2014. Os depoimentos foram dados por executivos da UTC. A investigação tramita em Curitiba. O ex-ministro da Secretaria de Comunicação nega as acusações.

Na campanha, Edinho tentou se distanciar do PT e do fato de ter sido ministro da presidente cassada Dilma Rousseff. (Andreza Matais)