Único indicado por Temer à Comissão de Ética alega suspeição de caso Geddel

Único indicado por Temer à Comissão de Ética alega suspeição de caso Geddel

Coluna do Estadão

23 de novembro de 2016 | 11h23

O conselheiro José Saraiva, único indicado pelo presidente Michel Temer à Comissão de Ética Pública, pediu afastamento da análise do processo  instaurado contra o ministro de Governo, Geddel Vieira Lima. José Saraiva chegou a pedir vista do requerimento de abertura do processo, mas voltou atrás após um pedido do próprio ministro e acatou a abertura de investigação pelo ministro ter atuado em benefício próprio. (Naira Trindade)

Screenshot_20161123-112924

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.