Governo só tem cinco votos a seu favor na comissão da reforma da Previdência

Governo só tem cinco votos a seu favor na comissão da reforma da Previdência

Planalto terá que virar voto até de suplentes como Beto Salame e Junior Marreca

Luiza Pollo

11 de abril de 2017 | 05h45

Foto: Dida Sampaio/Estadão

Foto: Dida Sampaio/Estadão

O governo vai trabalhar para virar os votos de 13 deputados na comissão especial que analisa a reforma da Previdência na Câmara.

O Placar da Previdência, do Estadão, mostra que, no colegiado, apenas cinco deputados dizem votar a favor do texto, enquanto 15 são contrários. O foco do Planalto será nos 10 que têm ressalvas e nos 3 indecisos.

A tarefa do governo será árdua. Suplentes da base que podem ser convocados a votar, Beto Salame (PP-PA) e Junior Marreca (PEN-MA) não são voto certo.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Michel Temer

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.