Governo liberou Moraes para criticar membros demitidos do Conselho de Política Penitenciária

Governo liberou Moraes para criticar membros demitidos do Conselho de Política Penitenciária

.

Luiza Pollo

26 de janeiro de 2017 | 06h30

Foto: André Dusek/Estadão

Foto: André Dusek/Estadão

O governo se surpreendeu com o pedido de demissão coletivo de sete membros do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária, inclusive do presidente do grupo.

O Planalto autorizou o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, a soltar nota pública politizando a decisão e carimbando o grupo como aliado do antigo governo petista.

A avaliação é de que o pedido de renúncia coletiva não terá impacto político, mas exigia uma resposta firme.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Alexandre de Moraes

Tendências: