Governo já admite que aprovação de reformas fica para maio

Governo já admite que aprovação de reformas fica para maio

.

Luiza Pollo

26 de fevereiro de 2017 | 05h45

Foto: Adriano Machado/Reuters

Foto: Adriano Machado/Reuters

O governo já admite que a discussão das reformas pode demorar mais do que o planejado. Mas ainda confia que podem ser votadas na Câmara no máximo até maio.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

reformas

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.