Governo exonera ministros para afastar suplentes contrários às reforma

Governo exonera ministros para afastar suplentes contrários às reforma

.

Luiza Pollo

26 de abril de 2017 | 07h45

Foto: Montagem/Estadão

Foto: Montagem/Estadão

Os ministros pernambucanos Mendonça Filho (Educação), Bruno Araújo (Cidades) e Fernando Filho (Minas e Energia) serão exonerados hoje. A “demissão” dura até votarem a reforma trabalhista.

O retorno dos três ministros à Câmara afasta os suplentes contrários às reformas do governo: Severino Ninho (PSB-PE), Creuza Pereira (PSB-PE) e Guilherme Coelho (PSDB-PE).

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Reforma da Previdência

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: