Governo ensaia enredo para deixar envio da Reforma da Previdência para depois

Coluna do Estadão

27 de setembro de 2016 | 18h48

ADCD352 BSB - 17/5/2015 - DILMA / CORTES - POLITICA - A presidenta Dilma está reunida com os ministros Nelson BArbosa (planelamento) Joaquim Levy (fazenda) e Mercadante (casa civil) para decidir cortes no orcamento, no Palacio da Alvorada , em Brasilia. FOTO: ANDRE DUSEK/ESTADAO

No jantar no Palácio da Alvorada, hoje, ministros, senadores e deputados vão mostrar ao presidente Michel Temer que enviar a proposta da Reforma da Previdência até a sexta-feira só vai prejudicar a corrida de candidatos da base aliada do governo, que concorrem já nas eleições no domingo. Auxiliares do governo dizem acreditar que vá haver um “consenso” entre os presentes de que é necessário aguardar um pouco mais para se discutir melhor a proposta, mesmo que não se altere em nada o texto que, segundo aliados, já está definido. (Naira Trindade)

Tendências: