Governo dirá às centrais sindicais que reforma previdenciária precisa ser feita

Presidente em exercício, Michel Temer, e ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, se reunirão na segunda-feira com as centrais sindicais.

Marcelo de Moraes

15 de maio de 2016 | 17h49

Na reunião dessa segunda-feira com as centrais sindicais, o presidente em exercício, Michel Temer, e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, serão claros na conversa. Ambos dirão aos representantes dos sindicalistas que o governo vai apresentar uma proposta de reforma da Previdência Social para o Congresso, como forma de conter os gastos enormes que o setor hoje representa.

Projeções feitas por técnicos do governo indicam que o sistema previdenciário poderá entrar em crise a partir de 2020, se os gastos não forem contidos por algum tipo de reforma.

Mais conteúdo sobre:

Reforma da Previdência