Governo cobra fidelidade de aliados na reforma da Previdência

Luiza Pollo

10 de abril de 2017 | 05h10

Foto: André Dusek/Estadão

Rodrigo Maia se reuniu com Michel Temer para discutir a reforma da Previdência Foto: André Dusek/Estadão

O governo vai exigir que os partidos integrantes da base aliada votem a favor da proposta de reforma da Previdência na Comissão Especial que debate o assunto na Câmara.

Segundo o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, que se reuniu ontem com o presidente Michel Temer para discutir o tema, a ideia é que o governo obtenha uma “vitória expressiva” na comissão, mandando um sinal claro de sua força política.

Assim, os líderes aliados poderão até trocar seus indicados dentro da comissão, caso sintam que existe o risco de algum deles não querer votar a favor do projeto de reforma.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Reforma da Previdência

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.