Governo aposta em mais acusações contra Lula

Governo aposta em mais acusações contra Lula

.

Luiza Pollo

18 de fevereiro de 2017 | 05h00

Foto: Eraldo Peres/AP

Foto: Eraldo Peres/AP

O governo avalia que o crescimento de Luiz Inácio Lula da Silva, apontado pelas pesquisas de intenção de voto, tem prazo de validade. Aliados do presidente Michel Temer dizem que “as águas de março”, com revelações das delações da Odebrecht, na Lava Jato, poderão trazer mais acusações contra o candidato petista e desgastá-lo politicamente. Segundo um ministro próximo ao presidente, o cenário mostrado pela pesquisa da CNT seria preocupante se ocorresse em 2018, ano eleitoral. Disparar agora faz pouca diferença.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Lula

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.