Gilmar Mendes manda soltar filha de Paulo Preto

Andreza Matais

30 Maio 2018 | 20h07

O ministro Gilmar Mendes mandou soltar também Tatiana Arana Souza Cremonini, filha de Paulo Vieira de Souza, presa hoje pela Polícia Federal. O ministro também mandou soltar Paulo Vieira. Os dois foram presos acusados de ameaçar testemunhas que acusam o ex-diretor da Dersa de desviar recursos relacionados a desapropriações em obras da Rodoanel.

Tatiana havia solicitado à Justiça autorização para viajar para as Ilhas Maldivas, paraíso fiscal no Oceano Índico. Esse foi um dos motivos que levaram a prisão dela. Maldivas não tem acordo de extradição com o Brasil. Para os procuradores, a viagem seria um risco. (Andreza Matais)