Futuro ministro da Saúde diz que faz o que o chefe manda

Futuro ministro da Saúde diz que faz o que o chefe manda

-

Luiza Pollo

12 de maio de 2016 | 05h20

ricardo barros
Futuro ministro da Saúde, o deputado Ricardo Barros (PP-PR) planeja uma reengenharia de gastos dentro da pasta. “Porque duvido que vá ter algum dinheiro novo”, diz.

Barros não esconde que já não conta com a recriação da CPMF para ajudar seu caixa. Ele revela que seguirá o que Michel Temer mandar fazer na pasta. “O que o chefe acha, eu também acho. Eu sou muito bem mandado”.

Siga a Coluna do Estadão:
No Twitter: @colunadoestadao
No Facebook: www.facebook.com/colunadoestadao