Funcionários do STF viraram madrugada para gravar HDs com vídeos das delações da Odebrecht

Funcionários do STF viraram madrugada para gravar HDs com vídeos das delações da Odebrecht

.

Luiza Pollo

13 de abril de 2017 | 05h45

Ilustração: Kleber Sales/Estadão

Ilustração: Kleber Sales/Estadão

O STF levou três dias para gravar os HDs com os vídeos das delações da Odebrecht. Por determinação da presidente Cármen Lúcia, quatro funcionários vararam a madrugada para que o material pudesse ser distribuído ontem aos jornalistas.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

STFOdebrecht

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: