“Fui dar o Bolsa Família dele”, diz Malta ao voltar de jantar com Cardozo

“Fui dar o Bolsa Família dele”, diz Malta ao voltar de jantar com Cardozo

Os dois conversavam animadamente no Senado

Coluna do Estadão

26 de agosto de 2016 | 20h13

WILT9490.JPG BRASILIA BSB DF 11/05/2016 VOTAÇÃO SENADO/ IMPEACHMENT/DILMA ROUSSEFF POLITICA OE - Sessão do plenário do Senado Federal que vai decidir sobre o afastamento da presidente Dilma Rousseff por até 180 dias, nesta quarta feira (11) em Brasilia. NA FOTO Magno Malta (PR ES) FOTO: WILTON JUNIOR / ESTADÃO

Magno Malta | Wilton Junior/Estadão

Um dos mais performáticos críticos da presidente afastada Dilma Rousseff, o senador Magno Malta (PR-ES) caminhava e conversava animadamente com o ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, advogado da petista no processo de impeachment, pelo túnel do tempo, corredor que liga o anexo de gabinetes ao plenário do Senado, na noite desta sexta-feira, 26.

Os dois haviam jantado juntos. Cardozo disse que tinha “filado a boia”. Já Cardozo foi mais ácido ao explicar o encontro. “Fui dar o Bolsa Família dele”.

Tudo o que sabemos sobre:

impeachment

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.