Frota questiona no PSL nomeação de Eduardo Bolsonaro para presidência do partido em SP

Frota questiona no PSL nomeação de Eduardo Bolsonaro para presidência do partido em SP

Marianna Holanda

14 de maio de 2019 | 08h00

Dida Sampaio/Estadão

Alexandre Frota vai questionar na Executiva Nacional a indicação de Eduardo Bolsonaro à presidência do diretório estadual, porque a bancada não teria sido consultada. A líder do governo, Joice Hasselmann, deve subscrever.

Depois de trocarem farpas nas redes sociais, o ex-ator se defendeu da acusação de Eduardo de que seria “caroneiro”: “Quando o pai dele era motivo de riso, quem estava viajando o País éramos nós”.

Frota disse ainda que se filiou ao PSL por causa da família Bolsonaro, mas não conteve críticas a Eduardo, que diz ser uma pessoa “que não conversa com nenhum dos deputados, passa sempre apressado, com a cara no telefone e cercado de seguranças”.