Focada em inteligência, PF finaliza substituições

Focada em inteligência, PF finaliza substituições

Coluna do Estadão

24 de maio de 2019 | 05h00

Mauricio Valeixo. FOTO: DENIS FERREIRA NETTO/ESTADÃO

O diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, conclui até o início de junho as substituições nas superintendências da corporação. Com as trocas, consolida uma gestão de perfil focado em inteligência. O escolhido para o Ceará, Dennis Cali, coordenou a Operação Hashtag, de combate ao terrorismo na Olimpíada. Hoje, assume em Pernambuco Carlos Henrique de Souza, o número 2 no Rio (também atuou nos Jogos). No Pará, Valeixo promoveu Wellington Santiago, que participou do inquérito envolvendo os irmãos Wesley e Joesley Batista.

Perfil. A delegada Mariana Paranhos Calderon será designada para o Piauí. Haverá substituições ainda em Santa Catarina e Goiás.

Reforço. Será publicada hoje no Diário Oficial da União a convocação dos 1.037 excedentes do último concurso da Polícia Federal. Foi um dos compromissos de Sérgio Moro para os primeiros cem dias de governo Jair Bolsonaro.

Caducando. Jair Bolsonaro vai aproveitar o tour pelo Nordeste para tentar convencer os governadores a aderir ao acordo em prol da MP do Saneamento. Ela está pautada para a próxima semana, mas Rodrigo Maia já avisou que não vota se não tiver apoios fechados.

Caldo… As articulações para evitar um rompimento definitivo de diálogo entre o governo e os principais líderes de partidos e de bancadas estão intensas.

…entornou. Apesar de a MP 870 ter sido aprovada, um dos articuladores do governo relata um “clima muito ruim” como rescaldo das “caneladas” entre Rodrigo Maia e os interlocutores de Jair Bolsonaro.

Juntos… Diante das tensas relações do governo com as instituições, a oposição sonha criar uma agenda conjunta e buscar apoios em forças da sociedade. Vai procurar o STF, a OAB, a CNBB, movimentos sociais e também acadêmicos.

…e shallow now. Carlos Lupi (PDT) acha que a oposição não pode repetir Leonel Brizola, que se arrependeu de ter ficado dez anos do exílio brigado com Jango. O consenso até agora caminha para as ideias de Flávio Dino (PCdoB) e Fernando Haddad (PT).

SINAIS PARTICULARES
GOVERNADORES
João Azevedo (PSB-PB)

ILUSTRAÇÃO: KLEBER SALES/ESTADÃO

Elas. O PSDB-Mulher decidiu indicar a senadora Mara Gabrilli (SP) para ser a primeira-vice-presidente do partido. As mulheres também estão reivindicando que 30% dos cargos da Executiva Nacional sejam ocupados por elas.

Tapetão. A juíza Lúcia Caninéo Campanhã, do TJ-SP, concedeu liminar para garantir o resultado da eleição para a presidência estadual da Juventude do PSDB, que havia sido impugnada em abril pelo presidente da legenda no Estado, Marco Vinholi. Lucas Sorrillo, então, fica no cargo.

CLICK. Paulo Guedes, João Doria e Henrique Meirelles com o empresário Carlos Alberto de Oliveira para tratar de investimentos do setor automobilístico em SP.

FOTO: COLUNA DO ESTADÃO

Agenda… Os governadores João Doria (SP), Wilson Witzel (RJ), Romeu Zema (MG), Renato Casagrande (ES), Ratinho Júnior (PR), Carlos Moisés (SC) e Eduardo Leite (RS) se encontram amanhã em Gramado para a reunião do Consórcio de Integração Sul e Sudeste.

…carregada. Na pauta, a reforma da Previdência e a renegociação das dívidas com a União. O presidente do BNDES, Joaquim Levy, participará de discussões sobre política de desenvolvimento dos Estados.

PRONTO, FALEI!

Deputado João Campos. FOTO: CLEIA VIANA/CÂMARA DOS DEPUTADOS

João Campos, deputado federal do PSB-PE: “O ministro da Educação é bom de diagnóstico, mas péssimo de soluções”, sobre a audiência dos deputados com Abraham Weintraub anteontem na Casa.

COM REPORTAGEM DE ALBERTO BOMBIG, JULIANA BRAGA E MARIANNA HOLANDA. COLABORARAM RICARDO GALHARDO E VALMAR HUPSEL

Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao
Instagram: @colunadoestadao