Feita sem alarde, filiação de Michelle ao PL pegou de surpresa até marqueteiro da sigla

Feita sem alarde, filiação de Michelle ao PL pegou de surpresa até marqueteiro da sigla

Julia Lindner

25 de maio de 2022 | 07h45

A filiação ao PL da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, foi tão sigilosa que pegou de surpresa até o marqueteiro da legenda, Duda Lima, responsável pela estratégia do programa partidário. Michelle entrou para o partido do presidente Jair Bolsonaro ontem, sem alarde, durante ato fechado e protocolar. Pessoas ligadas à campanha de Bolsonaro dizem que o intuito foi apenas possibilitar que ela participe das inserções partidárias da sigla em rádio e televisão, na próxima semana, já que apenas membros da sigla podem aparecer.

Foto: Dida Sampaio


Michelle é uma aposta do PL para ajudar Bolsonaro a conquistar parte do eleitorado feminino, onde ele enfrenta maior resistência. Além da participação no programa, Michelle também deve ter uma agenda de viagens própria pelo país, com foco em ações sociais.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.