Fachin vai trocar de gabinete logo depois do carnaval: “Haja papel”

Rafael Moraes Moura e Breno Pires

17 de fevereiro de 2017 | 21h38

Logo depois do carnaval, o ministro Edson Fachin deverá efetivar a sua mudança de gabinete no Supremo Tribunal Federal (STF). Sobrecarregado com a papelada da Lava Jato, Fachin vai se mudar para o gabinete de Teori Zavascki, de quem era amigo.

“Este final de semana nós vamos olhar o restante do espaço e a mudança será no dia 3 (de março). Haja papel!”, disse o ministro à coluna.

O atual gabinete de Fachin não tem espaço suficiente para acomodar os processos da Lava Jato, muitos dos quais são inquéritos em papel. Os dois gabinetes se localizam em um edifício anexo à sede do STF – o de Fachin está no quinto andar; o de Teori, no terceiro.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.