Executivos da Odebrecht relataram “caixa dois puro”, sem troca de favores

Luiza Pollo

06 Março 2017 | 06h30

Foto: JF Diório/Estadão

Foto: JF Diório/Estadão

Além de casos de corrupção, executivos da Odebrecht também delataram “caixa dois puro”, em que os valores repassados às campanhas eleitorais não estão associados à troca de favores.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestad