Ex-presidente da Odebrecht nutria “aversão” ao governo federal

Ex-presidente da Odebrecht nutria “aversão” ao governo federal

.

Luiza Pollo

25 Março 2017 | 06h15

Foto: JF Diorio/Estadão

Foto: JF Diorio/Estadão

Ao TSE, o ex-presidente da Construtora Norberto Odebrecht Benedicto Júnior afirmou que nutria uma “aversão” ao governo federal. “O governo nos obrigava a trabalhar com o Orçamento Geral da União. O OGU era uma peça de ficção científica.”

No depoimento, Benedicto também não poupou seu ex-colega de Odebrecht Alexandrino Alencar. “Ele era uma pessoa de bastante idade e Marcelo (Odebrecht) tinha dificuldade de relacionamento com ele. Era uma pessoa muito repetitiva”, disparou.

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter: @colunadoestadao
Facebook: facebook.com/colunadoestadao

Mais conteúdo sobre:

Odebrecht