Ex-presidente do Funcef diz que se entrega na quinta à PF

Coluna do Estadão

06 de setembro de 2016 | 16h24

Foto: Divulgação PF

Foto: Divulgação PF

A defesa de Carlos Alberto Caser, ex-diretor-presidente da Funcef, informou à Polícia Federal que ele vai se entregar na próxima quinta-feira, às 10 horas. Caser teve a prisão decretada pela Operação Greenfield, deflagrada ontem pela Polícia Federal. O problema é que se ele não for preso até quinta, o mandado não poderá mais ser cumprido porque perde a validade. Por essa razão, a PF continua tentando capturá-lo.

Outro investigado, Fabiano Maimoni Gonçalves continua foragido. Ele foi coordenador de desenvolvimento de negócios da Funcef, o fundo de pensão dos funcionários da Caixa Econômica Federal, e trabalhou na Desenvix, do mesmo grupo da empreiteira Engevix. (Andreza Matais e Fabio Serapião)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.