Ex-presidente da Câmara Municipal de Mendonça (SP) é cassado pelo TRE após ação do PT

­

Coluna do Estadão

03 de agosto de 2016 | 15h28

O vereador Luis Henrique de Carvalho, ex-presidente da Câmara Municipal de Mendonça, perdeu o mandato por infidelidade partidária. A decisão foi decretada pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo na segunda-feira, 1, e ajuizada pelo PT.

O vereador foi eleito em 2012 pelo Partido dos Trabalhadores, mas migrou no ano passado para a Rede Sustentabilidade. Em 2015, o Supremo Tribunal Federal determinou que a entrada de políticos no partido deveria ser feita em até 30 dias a partir da criação da Rede, para que os políticos não perdessem o mandato. Em votação unânime, o TRE-SP entendeu que a mudança de Luis Henrique de Carvalho foi feita após o prazo permitido. Cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A Rede Sustentabilidade informou que o candidato vai recorrer da decisão. Segundo a legenda, ação semelhante ocorreu com o vereador Claudinei de Mendonça, também em São Paulo, e foi revertida. (Mariana Diegas)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.