Ex-ministro foi tratado como subcelebridade pela operação Custo Brasil

Ex-ministro foi tratado como subcelebridade pela operação Custo Brasil

-

Luiza Pollo

24 de junho de 2016 | 06h45

Foto: André Dusek/Estadão

Foto: André Dusek/Estadão

O ex-ministro Paulo Bernardo foi tratado como subcelebridade em relatório da Justiça que definiu por sua prisão. O documento tem um capítulo só para João Vaccari, enquanto Bernardo dividiu o seu com outro investigado desconhecido.

Siga a Coluna do Estadão:
No Twitter: @colunadoestadao
No Facebook: www.facebook.com/colunadoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Ex-BBB

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: