Ex-ministro de FHC fará defesa de Trabuco

-

Luiza Pollo

02 de junho de 2016 | 17h26

Os criminalistas José Carlos Dias, ministro da Justiça no governo Fernando Henrique Cardoso, e Luis Francisco de Carvalho foram contratados para defender o presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco, na Justiça. Ambos já atuaram em defesa do banco em outras ações. Carvalho diz que o processo ainda está sendo estudado. “O que posso afirmar é que a decisão de indiciamento me parece absolutamente imprópria e sem fundamento”, afirma.

Trabuco e mais nove pessoas foram indiciadas pela Polícia Federal por supostamente fazerem parte de esquema de compra de decisões no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), como publicado com exclusividade pela Coluna do Estadão. A Coluna revelou também um relatório da PF que cita diversas vezes uma reunião de Trabuco com integrantes do esquema.

Em resposta, o Bradesco “reitera que o presidente da instituição, Luiz Carlos Trabuco Cappi, não participou de nenhuma reunião com o grupo investigado, não tendo havido qualquer negociação ou contratação de serviços”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: