Eunício nega enfrentamento com Supremo, ‘mas necessidade de evitar insegurança jurídica’

Andreza Matais

03 de outubro de 2017 | 09h29

Foto: Dida Sampaio/Estadão

 

A pedido da Coluna do Estadão, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), escreveu um texto sobre o impasse com o Supremo. O peemedebista deixa claro que haverá resposta da Casa às medidas adotadas pelo Supremo contra senadores consideradas inconstitucionais por eles. Leia:

“A independência e o diálogo é o que garante a harmonia entre os Poderes. É o que eu, a Presidente Cármen Lúcia e também outros senadores, temos feito desde a semana passada. Vamos buscar o entendimento até a última oportunidade. O Brasil está cansado de novos conflitos e enfrentamentos. Mas, quando é necessário debater dúvidas para aclarear interpretações jurídicas, como é o caso, temos que ir em frente.

LEIA + Senado desafia Supremo e vota afastamento de Aécio nesta terça
LEIA + Ministros do STF divergem sobre decisão que afastou Aécio

Tenho certeza que a grande maioria dos membros do STF e do Congresso sabe que não há enfrentamento ou desafio entre Poderes, e sim a necessidade de evitarmos novas situações de insegurança jurídica motivadas por interpretações infraconstitucionais. Acredito que esse esclarecimento será bom para o futuro das duas instituições e do Brasil.”

Siga a Coluna do Estadão:
Twitter:
 @colunadoestadao
Facebook:
 facebook.com/colunadoestadao
Instagram:
 @colunadoestadão

Tudo o que sabemos sobre:

eunícioSenadoSupremoconflito

Tendências: