“Estou meio assustado”, diz novo ministro do Trabalho após indicação

Rafael Moraes Moura

27 de dezembro de 2017 | 19h43

Foto: Câmara dos Deputados

O novo ministro do Trabalho, deputado Pedro Fernandes, disse à Coluna do Estadão que está assustado com a indicação do seu nome para chefiar a pasta. “Ainda estou meio assustado. Deixa passar o susto, tem de cair a ficha primeiro”, afirmou, ao ser questionado sobre qual a marca que pretende imprimir à gestão.
De acordo com o novo ministro, a nomeação deve sair no Diário Oficial da União desta sexta-feira (29) e a posse está prevista para a quinta-feira da próxima semana.
O parlamentar afirmou que pretende se reunir com o atual titular da pasta, Ronaldo Nogueira, “para trocar uma ideia”.
Indagado se vai se empenhar na aprovação da reforma da Previdência, Pedro Fernandes desconversou: “Vamos deixar pra lá…. Um abração pra ti e belo 2018″.

Fernandes votou contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

A troca no Ministério do Trabalho foi antecipada pela Coluna do Estadão.