Estilo de Haddad deve prejudicá-lo na reeleição

-

Luiza Pollo

17 de maio de 2016 | 06h40

haddad

Petistas graúdos em São Paulo estão desanimados com a reeleição do prefeito da capital, Fernando Haddad, criticado por fazer política do gabinete. “Haddad gosta muito de dar entrevista para o El País e pouco para o Datena”, exemplifica um aliado.

A aposta é a campanha política na TV. Se conseguir o apoio do PDT, PCdoB, PR, PROS e PMB, Haddad terá 30% do tempo eleitoral gratuito. O problema é que o PR, nacionalmente aliado com Temer, ainda não decidiu que rumo tomar.

Siga a Coluna do Estadão:
No Twitter: @colunadoestadao
No Facebook: www.facebook.com/colunadoestadao