Estado de São Paulo terá fase vermelha todas as noites e nos finais de semana

Estado de São Paulo terá fase vermelha todas as noites e nos finais de semana

Alberto Bombig

21 de janeiro de 2021 | 19h31

Movimentação em lojas na 25 de março Foto: WERTHER SANTANA/ESTADÃO

O Estado de São Paulo deverá ter regras mais duras de isolamento social durante os finais de semana e nas noites de segunda-feira até sexta-feira: a ideia é que a partir da noite desta sexta-feira, 22,  o Estado inteiro entre na fase vermelha. O anúncio está programado para ocorrer em coletiva no Palácio dos Bandeirantes  e deve incluir os feriados, como o da próxima segunda-feira, 25, aniversário da capital paulista. A medida restritiva também se repetirá em outros finais de semana, de dia e de noite.

Conforme o novo planejamento, após os finais de semanas e feriados, as regiões retornarão para as fases em que se encontravam. Ou seja, quem estava na laranja, volta para a laranja, por exemplo.  A nova estratégia, porém, também prevê o fechamento de bares, restaurantes e de todos os serviços que não são considerados essenciais depois das 20h, todos os dias, de segunda-feira à sexta-feira, uma espécie de “toque de recolher” contra a covid-19. Nesse desenho, as regiões do Estado poderão ter uma fase durante o dia, até 20h, e outra, a vermelha, à noite.

A medida tem por objetivo primordial evitar o estrangulamento da rede pública de saúde por causa do aumento do número de casos de covid-19. A fase vermelha é a mais restritiva do Plano São Paulo de combate à covid-19: bares, restaurantes, comércio, parques, shoppings vão ser fechados nos finais de semana.

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.